Home > Artigos > Marquise de Vidro

11.08.2022

Marquise de Vidro

As marquises de vidro são alternativas para edificações residenciais ou empresariais. Esse tipo de cobertura de vidro se destaca no universo arquitetônico e pode cumprir diversos papéis, possuindo características para criar destaques visuais, estabelecer um contraponto decorativo ou apenas emergir a marquise de vidro ao resto da decoração do local.

A marquise feita de vidro é uma cobertura para área externa que possui aparência singular. Sua estrutura avança a partir da parede (parte externa), possibilitando a criação de proteção contra intempéries – como a chuva – ao mesmo tempo em que garante trânsito de luz natural. Considerando seu layout e características, as marquises em vidro são indicadas para aplicações como:

– Portas de acesso de prédios, lojas ou casas;

– Proteção de corredores externos;

– Janelas;

– Sacadas e varandas;

– Áreas externas de convívio;

Além disso, em sua versão transparente a marquise de vidro não altera o layout visual da fachada, pois como já dito, a estrutura pode mergulhar na decoração presente sem causar grande impacto visual. Essas são algumas das vantagens das marquises de vidro, uma novidade que promete se popularizar rapidamente!

Veja também nosso guia sobre vidro na arquitetura.

Como é feita a instalação da marquise de vidro?

A instalação das marquises de vidro precisa ser realizada por profissionais qualificados, pois como se trata de novidade do mercado não são todos os profissionais que possuem acesso às ferragens e outros elementos necessários para a instalação da marquise de vidro da maneira como deve ser feita.

Lembramos ainda que apesar de não existir normas regulamentadoras para a instalação da marquise (em si), os modelos de vidros utilizados na projeção da estrutura devem estar em harmonia com as normas da ABNT para garantir a sua funcionalidade esperada e trazer proteção aos usuários.

De um panorama geral, o vidro precisa ser encaixado nos perfis metálicos que serão presos na fachada; já os perfis devem apresentar elementos que evitem o atrito do vidro com as partes metálicas – com batedor de vidro. É aconselhável ainda utilizar insumos para amplificar os benefícios da marquise, como tensionadores por expansão e borrachas de vedação para proporcionar estanqueidade à estrutura.

marquise de vidro2

O que mais considerar ao instalar marquise de vidro?

As marquises de vidro podem ser instaladas tanto em superfícies de ferro, madeira, concreto ou outros substratos. A utilização dessa estrutura diretamente no concreto é uma das mais tradicionais, considerando a vasta presença do material na arquitetura moderna. Para realizar a instalação de marquise de vidro no concreto é possível recorrer ao chumbador mecânico ou chumbador químico.

Entretanto, é de extrema importância que o profissional instalador se atente à profundidade que o chumbador ficará na parede, pois o elemento precisa estar, no mínimo, com 70 mm fixados no concreto. Veja bem! Isso quer dizer que é preciso desconsiderar camadas de revestimento (como gesso), massa de preenchimento (reboco), perfis, arruelas, etc. Fique atento, pois caso a instalação não seja segura a marquise de vidro pode causar acidentes sérios!

Vidros para marquise

O mercado oferece vários tipos de vidros possíveis de utilizar na composição da marquise, mas em todos os modelos a placa deve ser temperada e conter laminação (vidro temperado laminado), pois esse tipo de estrutura é auto portante e precisa ter propriedades para suportar fatores como impactos mecânicos, mudanças bruscas de temperatura, temporais, pressão do vento, etc.

Existem diversas estruturas metálicas possíveis de serem aplicadas na marquise de vidro, de modo que um profissional qualificado pode indicar o melhor tipo a ser utilizado após um estudo do projeto, que precisa considerar ainda fatores como o tamanho da placa de vidro a ser utilizada, espessura da chapa e insumos utilizados para trazer estanqueidade e evitar infiltração de água, corrosão metálica ou danos estruturais.

Abaixo veja algumas características sobre os tipos de vidros para marquise:

Conheça mais sobre o vidro laminado: O vidro laminado é famoso pelos seus fatores de proteção. Esse modelo conta com 2 ou mais placas de vidro unidas fortemente através de uma película de alta aderência que fica responsável por amplificar a resistência e evitar que os cacos de vidros se espalhem pelo ambiente em casos de fragmentação da placa. A técnica de laminação pode ser atribuída a modelos de vidros diversos, como o vidro temperado.

Conheça mais sobre o vidro temperado: Vidros temperados são reconhecidos pela sua resistência elevada, que o torna em média 05 vezes mais resistente que um vidro comum com as mesmas dimensões. A resistência do vidro temperado é refletida em fatores como impactos mecânicos e flexibilidade. Além disso, o modelo se fragmenta de maneira segura aos usuários quando estilhaçado.

Conheça o vidro temperado laminado: O vidro laminado de temperado, o modelo indicado para marquise de vidro, é composto por 2 ou mais placas de vidros temperados unidos através de uma película de alta aderência. Esse tipo de vidro se aproveita dos principais benefícios da técnica de laminação e da têmpera, sendo indicado para compor estruturas autoportantes (como as marquises de vidro).

Quanto custa fazer uma marquise?

O preço da marquise de vidro é dinâmico, pois depende de diversos fatores como tamanho da estrutura, tipo de vidro utilizado, espessura da placa, quantidade de ferragens, insumos necessários, mão de obra qualificada para a instalação, lei de oferta e procura conforme a região, dentre outros. A melhor maneira de saber quanto custa fazer uma marquise consiste em solicitar um orçamento em serviços especializados no assunto.

Saiba mais sobre vidros decorados.