Home > Artigos > O que é um vidro de segurança?

30.04.2023

O que é um vidro de segurança?

Vidros de segurança: Saiba o que é um vidro de segurança, conheça os tipos e suas diferenças. Os vidros são elementos comuns em projetos arquitetônicos, tanto em residências quanto em edifícios comerciais, sendo aplicado com frequência para promover características como beleza, estética, modernidade, iluminação natural ao ambiente, segurança e, consequentemente, valorização do empreendido em casos de vendas.

Porém, como sabemos, para cada aplicação existe um tipo de vidro indicado; e quando o assunto é segurança para todos, é importante saber escolher os vidros adequados para garantir proteção contra acidentes e intrusos. Muito popular no segmento arquitetônico e exigido pelas normas da ABNT para algumas aplicações, os vidros de segurança são os vidros mais indicados para garantir resistência e segurança para as mais diversas estruturas envidraçadas. Acompanhe esse artigo sobre o que é um vidro de segurança que preparamos para você!

Qual a diferença entre vidro de segurança e vidro comum?

As diferenças do vidro comum para os vidros de segurança variam em diversos fatores, como durabilidade, resistência, comportamento ao ser estilhaçado, preço final e finalidades de uso. O vidro comum, também conhecido como vidro float, é a principal matéria prima para a fabricação de outros vidros especiais, como os vidros de segurança. É fabricado a partir da deposição da massa vítrea em um banho de estanho, é mais frágil que os vidros de segurança e oferece risco de ferimentos após sua fragmentação.

Agora falando sobre o que é um vidro de segurança, a categoria recebe essa classificação pelo fato de serem mais resistentes que o vidro comum e outros modelos, além de não oferecerem grandes riscos aos usuários após sua fragmentação. Isso acontece porque o vidro de segurança é fabricado com a adição de materiais e/ou técnicas que o tornam mais resistente e alteram seu comportamento após o estilhaçamento, como veremos no decorrer desse texto!

Veja também nosso guia sobre vidros de segurança.

Quais são os tipos de vidros considerados de segurança?

Dando continuidade ao nosso artigo sobre o que é um vidro de segurança, existem diversos tipos de vidros de segurança disponíveis no mercado e de fácil acesso, cada um com suas características e aplicações específicas. Conheça os principais:

01 – Vidro laminado: é formado por duas ou mais lâminas de vidro intercaladas por camadas de polivinil butiral (PVB) ou resina. O vidro laminado é um dos mais populares no segmento da construção civil por ser capaz de suportar impactos, impedir a entrada de objetos ou pessoas no ambiente e, em caso de quebra, os fragmentos ficam presos nas camadas de PVB ou resina, evitando ferimentos.

02 – Vidro temperado: Os vidros temperados são submetidos a um tratamento térmico que os tornam cinco vezes mais resistentes que o vidro comum. Devido à técnica de têmpera, em caso de quebra seus fragmentos são pequenos e menos cortantes, o que reduz drasticamente o risco de ferimentos graves. Considerando sua resistência elevada, o vidro temperado é indicado para aplicações com risco de grandes impactos mecânicos.

03 – Vidro aramado: Os vidros aramados são reforçados com o auxílio de uma malha de aço, que vai acomodada entre a massa vítrea e impede que o vidro se quebre e se solte completamente em caso de impacto. Apesar de menos popular, o vidro aramado é bastante utilizado em coberturas de vidro e, devido às suas características, precisa do seu devido destaque quando o assunto é o que é um vidro de segurança.

04 – Vidro insulado: O vidro duplo, como também é reconhecido, pode ser considerado “vidro de segurança” se for composto por placas de vidros de segurança, como os vidros laminados, temperados, aramados ou outras variações (laminado de temperados, por exemplo). Lembramos que o vidro insulado é formado por duas ou mais lâminas de vidro separadas por uma camada de ar ou gás; e pode receber diferentes tipos de vidros na mesma estrutura.

Qual o tipo de vidro mais seguro?

O vidro mais seguro dependerá da aplicação e das necessidades específicas de cada projeto. O vidro laminado, por exemplo, é indicado para locais onde há grande risco de impactos, como sacadas e varandas, enquanto que o vidro temperado é alternativa para box de banheiro, portas e janelas que precisam suportar pressão (como as do vento), choques e alterações de temperatura. O importante é escolher um vidro de segurança certificado e manter todo o projeto dentro das normas da ABNT.

Para finalizar nosso artigo sobre o que é um vidro de segurança, essa categoria de vidro é essencial para garantir a proteção e a segurança em ambientes residenciais e comerciais. É importante conhecer as diferenças entre os tipos de vidros disponíveis no mercado para escolher o mais adequado para cada aplicação. Lembre-se: ao recorrer para serviços especializados no assunto você garante a tranquilidade e a proteção que seu projeto precisa.

Saiba mais sobre a certificação do vidro temperado.