Home > Artigos > Vidro translúcido é tendência

06.08.2020

Vidro translúcido é tendência

A vasta procura por edificações que valorizam a luz natural no interior do ambiente sem, no entanto, prejudicar a privacidade dos usuários talvez explique porque o vidro translúcido é tendência no momento. O mercado vidreiro oferece modelos de vidros translúcidos que podem ser utilizados tanto em fachadas, portas e janelas como também serem empregados na limitação e organização de espaços – participando de divisórias e boxes de banheiro, por exemplo.

Iluminação sem exposição

O que é vidro translúcido? É um tipo de vidro não transparente com acabamento fosco capaz de filtrar apenas parte da luz do local ao mesmo tempo em que possibilita visão através da placa de vidro. Por esse motivo o vidro translúcido é indicado para projetos singulares que almejam alcançar o equilíbrio perfeito entre a iluminação natural e privacidade do ambiente.

Em residências os vidros translúcidos contribuem para a criação de espaços iluminados, com ambientes integrados que garantem a intimidade dos moradores e se adaptam com facilidade à decoração do local – independente do estilo decorativo. Os vidros translúcidos também podem participar de fachadas, trazendo leveza à estrutura ao mesmo tempo em que incorpora o ambiente exterior ao interior da residência. Em casa a iluminação adequada é capaz de destacar detalhes da decoração e criar ambientes convidativos e harmoniosos.

Já nas empresas, indústrias e outros universos corporativos esse tipo de vidro contribui para a criação de espaços passíveis de imersão, pois conseguem – quando utilizados com sabedoria – aperfeiçoar o conforto acústico e afastar distrações visuais, por exemplo, auxiliando dessa forma com que os colaboradores alcancem a concentração necessária para desenvolver suas atividades laborais de forma eficaz e produtiva.

Lembramos que iluminação e acústica adequadas contribuem para a projeção de ambientes de trabalho saudáveis que interagem positivamente com a saúde dos usuários – evitando ausências frequentes dos funcionários por motivo de doença, por exemplo; e em ambos universos (residencial e corporativo) a utilização dos vidros translúcidos pode trazer economia de energia ao diminuir a necessidade de luzes artificiais.

vidro-translucido-incolor
vidro-translucido-incolor

Tipos de vidro translúcido

Os modelos de vidros translúcidos oferecidos pelo mercado auxiliam os segmentos da construção civil, arquitetura e decoração de interior a elaborar projetos distintos e com assinatura única. Veja os principais tipos de vidros translúcidos disponíveis na indústria:

– Vidro translúcido incolor

O vidro translúcido incolor pode ser simbolizado em diferentes modelos, com destaque para o amplo uso do vidro jateado e vidro acidato. Ambos os tipos possuem a mesma aparência visual, entretanto, são diferentes no toque e tecnologia aplicada.

vidro-jateado
vidro-jateado

Vidro jateado: O vidro jateado é tão popular que o termo costuma ser utilizado para simbolizar toda a categoria de vidro translúcido incolor. Esse tipo de vidro ganha suas características a partir de uma técnica que lança grãos de areia em alta velocidade para gerar atrito e tornar o vidro áspero, garantindo o efeito fosco.

Os vidros jateados são mais encontrados em construções antigas, quando ele era a principal opção de vidro translúcido do mercado. Atualmente, com a evolução da tecnologia, a indústria vidreira já conta com alternativas que oferecem as mesmas vantagens do vidro jateado, entretanto, com um toque a mais de funcionalidade.

vidro-acidato
vidro-acidato

Vidro acidato: Como já comentado, o vidro acidato se assemelha ao vidro jateado na aparência, mas sua textura é mais agradável ao toque das mãos – lembrando uma superfície aveludada. Essa característica está presente graças ao processo de fabricação do vidro acidato, onde são utilizados ácidos específicos para trazer efeito fosco à placa do vidro.

O vidro acidato também é mais fácil de limpar, pois o ácido não produz minúsculas fendas na superfície – como acontece com o vidro jateado – o que dificulta o acúmulo de pó. Além disso, o vidro acidado não absorve os fluídos do corpo durante o toque – anulando as possibilidades de manchas das mãos no vidro.

Na categoria de vidro translúcido incolor ainda é possível destacar:

– Vidro translúcido temperado

– Vidro translúcido bronze

– Vidro translúcido cinza

– Vidro translúcido preto

– Vidro translúcido branco

– Vidro duplo translúcido

– Vidro impresso

Os vidros impressos ganham texturas ainda durante o seu processo de fabricação, onde são submetidos a rolos com uma textura específica, algumas com efeitos translúcidos. Além disso, a tecnologia atual também permite optar por vidros parcialmente foscos, cenário que possibilita a criação de vidros com formas geométricas e desenhos, por exemplo.

Vidro translúcido elétrico – Smart Glass

Vidro translúcido que fica opaco. Também identificado como vidro inteligente ou vidro polarizado, o vidro translúcido elétrico consegue configurar sua aparência e alternar entre opaco e totalmente transparente com apenas um comando – seja através do celular ou um interruptor – devida a alta tecnologia aplicada em sua fabricação.

O vidro translúcido elétrico possui cristais líquidos em sua composição que se alinham e desalinham ao receber um impulso elétrico, alternando entre opaco e transparente em uma fração de segundo. Devido ao investimento, sua utilização é mais comum em grandes corporações, mas nada impede o modelo de participar de projetos menores – como escritórios e residências – para trazer singularidade à obra.