Home > Notícias > Homem fica pendurado a 100 metros de altura após quebra de ponte de vidro

04.06.2021

Homem fica pendurado a 100 metros de altura após quebra de ponte de vidro

Após fortes rajadas de vento de até 150 km/h, uma ponte de vidro instalada na montanha de Piyan, na China, se quebra e causa acidente com turista que visitava o local, que não sofreu ferimentos graves.

Um turista ainda não identificado ficou pendurado após uma ponte de vidro se estilhaçar com os fortes ventos que atingiram a região nordeste da China, mais precisamente na montanha de Piyan, localizada próxima da cidade de Longjing. Segundo consta, o homem passa bem e não sofreu ferimentos graves. Os painéis de vidro sob seus pés teriam rachado e os pedaços se espalhados pelo penhasco abaixo da ponte.

O turista foi resgatado graças aos esforços conjunto dos bombeiros, equipes de turismo e florestais, policiais e outras pessoas que estavam presentes no local. Segundo informado, o homem teria se rastejado pela ponte para retornar em segurança.  “Nossa equipe correu para o local com equipamentos de emergência e transferiu com sucesso a pessoa presa para um local seguro. O incidente não causou vítimas.” – dizia um comunicado publicado no perfil da cidade na rede social Weibo

O incidente ocorreu no dia 07/05/21 e, apesar de não apresentar ferimentos graves, o homem foi encaminhado para atendimento hospitalar, onde se manteve em observação com estado emocional e físico estáveis, conforme comunicou as autoridades do local. “A pessoa presa [na ponte] foi levada ao hospital para observação. Ele recebeu alta porque sua condição física e mental estavam estáveis”, informou os responsáveis na mesma rede social.

A agência de notícias Xinhua afirma que, além de danificar o piso de vidro, as rajadas de vento de mais 150km/h também podem ter comprometido a estrutura da ponte. Por esses motivos a atração foi fechada e as autoridades definiram que fosse instaurado um procedimento investigatório para analisar as condições em que ocorreram o acidente.

A informação é complementada por um comunicado publicado na rede social oficial da cidade. Segundo a municipalidade, vários painéis de vidro do piso da ponte Piyanshan se quebraram por sofrer com o clima extremo da área da montanha de Piyan, onde a ponte foi construída. A ponte está suspensa entre dois penhascos bastante íngremes.

Além disso, as autoridades reforçam que, além de serem fabricadas com materiais adequados, as pontes de vidro devem permanecer fechadas durante episódios de mau tempo – como desastres naturais – além de respeitar um número limitado de pedestres – geralmente, 03 pessoas por m².

Imagens do ocorrido foram amplamente divulgadas por diversos canais de comunicação chineses. Uma foto publicada na internet mostra o homem se apoiando nas grades de proteção da ponte – sem local para pisar com segurança. Curiosamente, esta ponte é mundialmente conhecida por – em condições normais – simular que o piso estava se quebrando.

Após o acidente a prefeitura da cidade chinesa determinou a realização de inspeção de segurança em todos os pontos turísticos da região. A ocorrência chamou a atenção das autoridades chinesas, principalmente porque o país concentra um grande número de pontes e passarelas de vidro.

Há registro de mais de 2000 passarelas e/ou pontes de vidro espalhadas pelo vasto território chinês, a maioria voltada para suprir a crescente demanda turística da região. Além disso, de acordo com a revista Earth publicada pelo Museu Geológico da China, existem ao menos 60 estruturas do tipo já construídas ou em processo de construção no país desde o ano de 2016.

 

Veja + Notícias

18.06.2021

Zapfólio: Ferramenta que ajuda o vidraceiro!

04.06.2021

Homem fica pendurado a 100 metros de altura após quebra de ponte de vidro

21.05.2021

Projeto exige proteção de aves em prédios construídos com painéis de vidro