Home > Artigos > Como funciona o vidro acústico?

12.01.2023

Como funciona o vidro acústico?

O vidro acústico é um modelo de vidro desenvolvido especialmente para bloquear as ondas sonoras. Sua fabricação consiste na utilização de placas de vidro laminadas com uma película acústica especial de alta aderência. Essa película é pensada especificamente para absorver e refletir o som, diminuindo com eficácia a quantidade de ruído que passaria através do vidro comum.

Ainda falando sobre como funciona o vidro acústico, por passar pelo processo de laminação o modelo é classificado como vidro de segurança, pois oferece proteção até mesmo após a quebra ao manter os fragmentos de vidro presos na estrutura. Por esses motivos o vidro acústico por ser usado em janelas, paredes, divisórias, portas, telhado e coberturas, fachadas prediais, envidraçamento de sacadas e outras aplicações para trazer conforto térmico aos ocupantes e ambientes.

Para melhor esclarecer como funciona o vidro acústico, é importante destacar que a configuração da estrutura (porta, janela, etc) também interage diretamente com o isolamento acústico do local. Como exemplo temos os vidros insulados, que mantém as placas de vidro separadas por uma câmara de ar desidratado que dificulta tanto a troca de calor quanto a dissipa os ruídos, pois transfere as vibrações do som de uma placa de vidro para a outra.

Além disso, quanto maior a espessura de um vidro, maior será a barreira contra ruídos e outros sons. Isso indica, por exemplo, que vidros multilaminados – mesmo que não contenham películas anti som – podem oferecer bons índices de amortecimento de som, pois sua composição – que conta com a junção de várias placas de vidro – resulta em um vidro de espessura elevada.

Cada configuração de vidro acústico possui particularidades diferentes que interagem diretamente com o desempenho acústico, espessura da placa de vidro e estética da estrutura. Além disso, é imprescindível identificar qual o tipo de frequência (grave ou aguda) que será anulada, antes de determinar qual modelo de vidro acústico será utilizado.

Para encontrar a configuração ideal de vidro acústico é necessário um estudo detalhado do projeto. Para isso é preciso contar com consultoria de quem sabe como funciona o vidro acústico, pois esse estudo precisará analisar fatores como nível de ruído externo, segurança, desempenho acústico esperado pelo cliente, locais de instalação, questões funcionais e estética, normas da ABNT, etc, para dessa forma escolher qual o melhor vidro para isolamento acústico.

Além do mais, para garantir a eficácia de toda a estrutura, as esquadrias devem apresentar alto desempenho acústico e a instalação precisa anular cirurgicamente qualquer abertura ou fresta durante a instalação da porta, janela ou outra aplicação. O profissional responsável pela instalação deve estar por dentro das normas que determinam o nível de ruído permitido para cada ambiente e o desempenho acústico que uma edificação precisa apresentar.

Vidro acústico

Como é feito o vidro acústico?

Para você que se pergunta como funciona o vidro acústico, resumidamente falando, trata-se de um vidro com poder de absorver ondas sonoras, proporcionando conforto acústico para os ambientes. O funcionamento do vidro anti-ruído (como também é popularmente chamado), se apoia nas propriedades de materiais de isolamento de som – como o PVB acústico – e nas leis da física, que ditam que quanto maior uma massa superficial da parede, melhor o seu desempenho acústico.

Para melhor compreensão lembramos que o vidro acústico é composto por duas ou mais placas de vidro intercalados com uma película de alta aderência desenvolvida especialmente para reduzir a passagem de ondas sonoras. A junção de vidros, naturalmente, já proporciona uma barreira (massa) com bons índices de isolamento acústico, porém, a utilização de película acústica amplifica essa propriedade, fazendo com que o vidro ofereça ótimos índices de isolação acústica.

Considerando esse raciocínio, os vidros insulados também oferecem bons desempenhos de conforto acústico. Para ajudar a esclarecer como funciona o vidro acústico, lembramos que os vidros insulados possuem uma estrutura que mantém as placas de vidro separadas por uma (ou mais) câmara(s) de ar desidratado. Essa configuração oferece uma barreira física de difícil transposição acústica, e além disso, pode ser combinada com os vidros acústicos, amplificando consideravelmente suas propriedades de isolamento do som.

Onde usar vidros acústicos

Quando entendemos como funciona o vidro acústico, suas vantagens, configuração e finalidade, fica fácil entender porque esse modelo é ideal para ser aplicado em locais como:

– Salas de concertos e casas de shows,

– Teatros,

– Estúdios de gravação,

– Museus,

– Bibliotecas,

– Hospitais

O vidro acústico também é alternativa para residências ou edificações localizadas em áreas de altos níveis de ruídos, como regiões portuárias, industriais, bairros próximos à aeroportos e rodovias, empreendimentos próximos à estádios de futebol ou casa de shows, etc. E para finalizar nosso artigo sobre como funciona o vidro acústico, não se esqueça de que arquitetura com vidros é coisa séria e deve ser pratica por profissionais qualificados!