Home > Artigos > Quando usar vidro laminado?

07.09.2021

Quando usar vidro laminado?

De acordo com suas características e especificações, o vidro laminado é indicado para trazer resistência e para aplicações que necessitam manter o vão fechado até mesmo depois de estilhaçamento da placa de vidro, como é o caso de telhados, cobertura, claraboias, marquises, escadas, pisos, visor de piscina, aquário, fachadas, guarda-corpo, etc. Os vidros laminados podem ser encaixilhados ou colados e sua utilização é regulamentada pela ABNT NBR 7199. Veja quando usar vidro laminado no texto a seguir.

Onde usar o vidro laminado

Considerando as características do produto, o vidro laminado é alternativa sempre que o usuário deseja amplificar as características de resistência e proteção de uma estrutura. Além do mais, o modelo é exigido em alguns tipos de aplicações – conforme determina as normas da ABNT. Para resumir quando usar vidro laminado, as normas indicam que o modelo deve compor aplicações que precisam manter o vão fechado em casos de quebra da placa, como:

– Telhados, claraboias, coberturas, marquises;

– Muro de vidro, divisórias de ambiente;

– Janelas projetantes, portas de vidro

– Fachadas de edifícios;

– Escadas de vidro;

– Pisos, pontes e passarelas;

– Piscina de vidro e visor de zoológico;

Guarda-corpo de vidro;

– Aquários;

– Dentre outros;

Porém, se o assunto é quando usar vidro laminado, lembramos que essa lista não substitui a leitura clara e atenciosa das normas regulamentadoras, em especial a ABNT 7199, que versa sobre a utilização de vidros na arquitetura e construção civil. Fique atento para o barato não sair caro! Veja porque os vidros laminados são indicados para compor esse tipo de aplicação acima descrita.

Quando usar vidro laminado

O que é?

Para entender quando usar vidro laminado é importante compreender antes o seu modo de fabricação e suas principais características. Os vidros laminados são classificados como vidro de segurança pelas normas, tendo em vista que é um modelo de vidro resistente e, nos raros casos de quebra, possui a capacidade de se partir de forma segura aos usuários. Essas características são alcançadas graças ao seu processo de fabricação.

A fabricação dos vidros laminados consiste na junção de duas ou mais placas de vidro através de uma película especial, geralmente o PVB. Esse conjunto todo é encaminhado a fornos com temperaturas controladas até que se fundam em somente uma placa de vidro, naturalmente mais resistente (devido a união de placas de vidro) e que possui a capacidade de manter os estilhaços de vidro suspensos quando quebrado, graças ao PVB.

A estrutura do modelo auxilia a entender quando usar o vidro laminado, tendo em vista que agrega vantagens como resistência às estruturas e segurança aos usuários; pois além de mais rígido, em casos de acidentes seguido de quebra o vidro laminado manterá o vão fechado e intransponível até a sua manutenção, ou seja, seus pedaços de vidro não se espalharão pelo ambiente.

Normas Técnicas para vidros de segurança

É muito importante saber quando usar vidro laminado, pois a troca dele por um vidro com outra tecnologia (mesmo que de segurança) pode ocasionar acidentes físicos. O vidro temperado, por exemplo, não pode ser aplicado em algumas estruturas pois esse modelo, quando estilhaçado, se parte por completo em pequenos pedaços não cortantes, porém, deixa aquele determinado vão livre.

Como já comentado, a ABNT, através da NBR 7199, determina quando usar vidro laminado. É importante que uma estrutura envidraçada esteja em total acordo com as normas regulamentadoras, pois esse cenário garante qualidades essenciais para o bom funcionamento da aplicação, para a segurança dos usuários, na busca de conforto e garantia da estética que somente o vidro proporciona.

Por esse motivo é de extrema importância recorrer a profissionais habilitados, pois possuem especialização e sabem quando usar vidro laminado – da mesma forma que sabem que o uso do vidro errado pode trazer graves consequências aos usuários. Fique atento com propostas absurdas, fora da realidade do mercado e/ou com orçamentos ilusórios. Na dúvida, dê uma analisada nas normas da ABNT.

Como saber se o vidro é temperado ou laminado?

Devido sua composição, o vidro laminado apresenta uma ‘linha’ visível pelas bordas, indicando a junção de duas lâminas de vidro. Já o vidro temperado apresenta pequenas ondulações resultantes da têmpera; o modelo também pode ser identificado com o auxílio de películas de luz polarizada (Temperest).

Qual a vantagem do vidro laminado?

Dentre as principais vantagens do vidro laminado listamos a resistência elevada e sua capacidade de manter os pedaços de vidro suspensos em casos de estilhaçamento. Essas características aumentam a durabilidade das aplicações e amplificam os fatores de segurança aos usuários.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.