Home > Artigos > Como calcular o valor de um vidro?

03.03.2022

Como calcular o valor de um vidro?

O cálculo do preço de um vidro considera diversos fatores, como o tamanho do vão a ser preenchido, tipo de vidro utilizado, espessura, tecnologias especiais, insumos adicionais necessários para a instalação, região de compra e instalação, etc. Lembre-se que cada particularidade pode interferir no preço final do vidro, além de que o valor do vidro é dinâmico e não existe uma padronização, sendo assim, a melhor alternativa para saber como calcular o valor de um vidro é recorrer à profissionais do segmento.

De uma forma ou de outra, é importante saber como se calcula o preço do vidro. Para isso, precisamos entender como tirar uma medida de vidro (para determinar o tamanho de sua área em m²) e saber qual o valor do metro quadrado do vidro pretendido, pois será preciso confrontar esses valores. Para saber como calcular o metro quadrado do vidro basta multiplicarmos a base pela altura, ou seja, A = b.h, onde A equivale a área, b determina a base e h a sigla para altura.

O resultado dessa equação deverá ser multiplicado pelo preço do m² do vidro escolhido, para assim chegarmos o preço final da placa de vidro. Lembre-se de que essa equação de como calcular o valor de um vidro não está considerando valores com mão de obra ou outros insumos comuns em na instalação de uma estrutura envidraçada, como silicone, esquadrias, ferragens, etc, estamos analisando somente o preço final de uma determinada placa de vidro.

Pois bem, vamos para um exemplo concreto de como calcular o valor de um vidro. Considere o seguinte cenário: precisamos fazer a instalação ou manutenção de uma porta de vidro. A medição do vão mostrou que o vidro precisa ter 2,1 m de altura com 80 cm de base, o que resulta em uma área de 1,68 m² – Lembre-se de que é preciso converter as unidades medidas para a mesma escala antes de realizar a operação.

A parte do valor da área do vidro, temos a confirmação de que o metro quadrado do vidro pretendido gira em torno de R$ 250,00. Sendo assim, multiplicamos o tamanho da área pelo preço do m2 do vidro, que nesse caso seria:

250 x 1,68 = 420.

Ou seja, neste cenário simbólico, o preço de uma placa de vidro para preencher um vão de 2,10m x 0,80 cm giraria em torno de R$ 420,00. Mas é preciso reforçar que isso é apenas um exemplo de como calcular o valor de um vidro, pois como já comentado, o valor do vidro é dinâmico e muda conforme a região, tipo de vidro, necessidade de mão de obra, etc.

Ainda, algumas empresas realizam seus orçamentos já considerando todos os insumos necessários para a instalação de determinada placa de vidro, enquanto outras calculam somente o valor da peça de vidro em si. Esses dois cenários de como calcular o valor de um vidro oferecem preços finais totalmente diferentes, é preciso ficar atento.

Com todas as especificações da placa de vidro reveladas, resumidamente será preciso confrontar a base pela altura e multiplicar pelo preço do m² do vidro definido. O cenário só altera no momento de definir a dimensão da área dos vidros com formatos diferentes dos retangulares ou quadrados, como é o caso dos vidros com formatos de losango, círculo, trapézio, etc, pois as fórmulas para encontrar essas áreas são diferentes.

Apesar de a equação para fazer o cálculo do preço do vidro parecer simples, o grande X da questão consiste em determinar qual o tipo de vidro será utilizado na estrutura para encontrar o seu preço por m². Lembre-se que existem normas para a utilização do vidro na arquitetura que precisam ser respeitadas para garantir a plena funcionalidade da aplicação e a segurança de todos os envolvidos. O responsável pela especificação do vidro deverá considerar fatores como:

– Tamanho do vão a ser preenchido, tendo em vista que a dimensão da placa é fator fundamental para saber como calcular o valor de um vidro. Lembre-se de que a medição deve ser cirúrgica para evitar folgas, problemas de estanqueidade e outros percalços.

– A espessura do vidro também altera o preço final do produto. Vale destacar que a dimensão da espessura do vidro é determinada conforme o tamanho do vão a ser preenchido, ou seja, quanto maior o tamanho da placa de vidro, mais espessa deverá ser.

– Tipo de vidro que será utilizado, pois os modelos possuem preços diferentes. O mercado oferece tipos de vidros com características variáveis; além disso, o uso do vidro na arquitetura deve estar em harmonia com as normas da ABNT.

Para finalizar nosso artigo sobre como calcular o valor de um vidro, lembre-se de que arquitetura com vidros é coisa séria. Além disso, o cálculo errado da área ou especificação ineficiente de um modelo de vidro pode causar problemas estéticos, funcionais e/ou relacionados à segurança. Por isso reforçamos que sempre devemos procurar lojas segmentadas ou profissionais experientes no ramo. Acompanhe a Arch Glass Brasil para mais artigos como este!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.