Dicionário do Vidro

Esquadrias em PVC (policroleto de polivinila)

 

Estrutura fabricada a partir do PVC (policloreto de polivinila) empregada como elemento de fechamento de vãos e outras aberturas, como portas e janelas.  Em alguns aspectos, as esquadrias em PVC oferecem desempenho superior aos apresentados por outras estruturas do gênero, como esquadria em madeira, esquadria de alumínio ou esquadria de ferro.

O PVC é reconhecido por ser termoplástico inerte e atóxico. Na sua composição é possível encontrar cloreto de sódio (sal) e eteno (derivado do petróleo), o que torna o material abundante e acessível.

Assim como os outros modelos de esquadrias (esquadria de ferro, esquadria de alumínio e esquadria de madeira), este modelo em PVC deve atender as especificações estabelecidas através de normas técnicas, como resistência às cargas mecânicas, resistência ao tempo, rigidez, além de se adequar à estrutura arquitetônica.

A esquadria feita de PVC conta com o interior vazio, formando uma câmara que acomoda perfis de aço galvanizado, cenário que reforça toda a estrutura em PVC. Além do mais, a esquadria em PVC é de fácil limpeza e manutenção, são resistentes a agentes biológicos, não propaga chama em caso de incêndio, mantém com eficácia a temperatura interna dos ambientes, oferece isolamento acústico, dentre outros.

É possível encontrar esquadrias em PVC com acabamentos especiais, como texturas representando madeira, por exemplo, oferecendo estética com a vantagem de eliminar os inconvenientes e a manutenção que a madeira natural requer.

Curiosidade: As esquadrias de PVC surgiram na década de 50 para suprir a necessidade de reconstrução das casas e prédios europeus atingidos por ataques durante a Segunda Guerra Mundial. O desempenho superior aos outros materiais fez com que as esquadrias em PVC fossem rapidamente adotadas como solução padrão na Europa, EUA e Canadá.