Dicionário do Vidro

Janela Maxim-Ar

Nesse modelo de janela, as folhas giram em torno de um eixo, alcançando uma posição perpendicular em relação ao batente ou à esquadria. As janelas maxim-ar são instaladas com frequência em ambientes que necessitam de iluminação adequada e elevado fluxo de circulação do ar.

A estrutura da janela maxim-ar permite entrada de luz natural e ventilação do ar, tendo em vista que toda a folha da janela se projeta para fora do ambiente, oferecendo abertura da janela com angulação de até 90º. Essa qualidade permite que as janelas maxim-ar utilize grades de proteção sem prejudicar seu funcionamento.

O sistema das janelas maxim-ar é semelhante ao sistema de funcionamento das janelas basculante (vitrô), com a diferença de que, nas janelas maxim-ar, a abertura da folha ocorre a partir de um eixo horizontal, enquanto que, na janela basculante, o eixo é vertical.

Outra diferença pode ser notada na quantidade das folhas de abertura; janelas basculantes geralmente são compostas por um conjunto de folhas, de modo que a maxim-air possui apenas uma folha de abertura.

A janela maxi-ar é muito requisitada em ambientes como banheiros e áreas de serviços, tendo em vista suas qualidades que facilitam a circulação de ar e iluminação natural, condições essenciais para manter o conforto nesse tipo de ambiente; também é muito utilizada em conjunto com peles de vidro, para assegurar a estética deste tipo de projeto.

Vale lembrar que, caso a janela ofereça projeção superior a 25 cm com relação a fachada, é obrigatório a utilização de vidro laminado (vidro de segurança), conforme as normas da ABNT.

Entretanto, é possível a utilização de outros tipos de vidros no conjunto, como vidros temperados, vidros temperados-laminados, vidros jateados, vidros reflexivos, vidros autolimpantes, vidros fotovoltaicos, etc. As esquadrias das janelas maxim-ar podem ser fabricadas de madeira, ferro, de alumínio ou PVC.