Home > Artigos > Motivos para usar vidro laminado

28.01.2021

Motivos para usar vidro laminado

Quer entender os motivos para usar vidro laminado no seu projeto? Você sabia, por exemplo, que o vidro laminado é mais resistente que o vidro comum e, quando quebrado, se estilhaça de maneira segura para o usuário? E que, em algumas aplicações do vidro, o uso de placas laminadas de vidro é obrigatório devido às suas características ímpares? Acompanhe esse artigo até o final e entenda quando e porque motivo usar o vidro laminado.

Vantagens do vidro laminado

As vantagens do vidro laminado são inúmeras, o que faz o modelo ser um dos tipos de vidro mais requisitados no mercado. A popularidade do vidro laminado está ligada diretamente aos benefícios que o elemento consegue trazer para as estruturas envidraçadas, capazes de contribuir com a estética, funcionalidade e segurança do ambiente.

A segurança e proteção que o modelo oferece é um dos principais motivos para usar vidro laminado em seu projeto. A composição do produto traz resistência mecânica para a placa de vidro ao mesmo tempo em que anula possibilidades de cortes profundos nos usuários nos raros casos de quebra. Não por acaso o modelo é considerado um vidro de segurança!

Isso acontece porque o vidro laminado é composto por duas (ou mais) placas de vidros intercaladas e unidas por uma película de PVB (ou EVA/Resina). A junção das chapas de vidro naturalmente agrega resistência ao produto; enquanto que a película fica responsável por manter todos os pedaços de vidro suspensos, presos a ela.

É importante lembrar que a película, além de impedir que os vidros se espalhem pelo ambiente nos episódios de quebra, ainda mantém aquele determinado vão fechado até a manutenção. Essa característica, aliás, é o motivo pelo qual os vidros laminados são exigências em estruturas como coberturas, guarda-corpos, fachadas, etc.

Veja mais motivos para usar vidro laminado

As vantagens do vidro laminado também habilitam o modelo a participar de muros, paredes de vidro e no segmento decorativo – tendo em vista que é possível atribuir cores, furos e cortes nesse tipo de vidro. Além disso, também existem películas especiais, como o PVB acústico (que interage com as ondas sonoras do local), películas antichama (que podem impedir a passagem de fogo entre os ambientes) e películas que barram a radiação dos raios solares.

Dessa forma, quando utilizado de maneira inteligente, o vidro laminado é capaz de oferecer:

– Conforto acústico;

– Alívio térmico;

– Segurança elevada, inclusive contra incêndios;

– Resistência;

– Valorização da estrutura;

Destacamos que o modelo ainda pode ser multilaminado – como os vidros blindados – ou ser composto por placas de vidro temperado (vidro laminado de temperados). Resumidamente falando, as vantagens do vidro laminado podem ser aproveitadas em qualquer ambiente – principalmente aqueles com circulação de pessoas – sempre que o desejo for amplificar as condições de proteção e segurança do espaço. Dessa forma pode ser aplicado também em janelas e portas, por exemplo.

Entretanto, como já comentamos brevemente no decorrer do texto, existem aplicações onde o uso do vidro laminado é obrigatório para garantir a segurança de todos, e esse é mais um dos motivos para usar vidro laminado em seu projeto arquitetônico. Veja um pouco mais abaixo.

Vidro laminado e a ABNT

Adequar todo o projeto de arquitetura com vidro às normas da ABNT dá vida a estruturas esteticamente agradáveis, altamente funcionais e totalmente seguras, ou seja, garante todas as vantagens do vidro laminado. Por esse motivo é de suma importância respeitar as diretrizes de segurança da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Dentre uma infinidade de normas, a NBR 7199 é a que diz respeito ao uso do vidro na construção civil. Na referida norma é possível observar, por exemplo, que o laminado é o vidro indicado para uso em:

– Coberturas, clarabóias, marquises e fachadas inclinadas (vidros não verticais);

– Guarda-corpos;

– Portas, divisórias e vitrines;

– Estruturas para retardamento de incêndios;

– Envidraçamento projetantes móveis;

– Fachadas;

– Aplicação para retardar arrombamentos

– Instalações especiais, como escadas, aquários, visores de zoológicos, pontes de vidro, etc.

A definição da espessura do vidro a ser utilizado em cada aplicação também é esclarecida pela ABNT NBR 7199. A norma conta com um passo a passo – com exemplos dos cálculos aplicados – para realizar o cálculo da espessura do vidro laminado a partir do uso de fórmulas atualizadas.

Como observamos, motivos para usar vidro laminado não faltam, tudo dependerá das necessidades do usuário, capacidade do profissional e definição das normas técnicas. Por esse motivo é importante procurar consultoria especializada sempre que o assunto for arquitetura com vidros.