Home > Artigos > Vidros Decorativos

17.09.2020

Vidros Decorativos

Os vidros decorativos trazem beleza e inovação aos espaços. O mercado vidreiro oferece vidros para decoração com características e tecnologias que permitem aos profissionais do ramo a elaboração de projetos distintos e exclusivos, pois o vidro decorativo se encaixa com facilidade nos diversos estilos de decoração, tornando-se uma alternativa simples e eficaz para modificar completamente um determinado espaço.

Na decoração com vidros o elemento pode fazer o papel de destaque principal ou harmonizar com outros materiais. Vidros decorativos são encontrados comumente em portas, janelas e paredes, mas o material também pode estar presente em pequenos itens da decoração, como vasos, lustres, luminárias, mesa de centro, cristaleiras, etc. Vale lembrar que em espaços pequenos a decoração com vidros se destaca e é capaz de trazer sensação de calmaria e amplitude ao local quando utilizado corretamente.

Vidros na decoração

Não é por acaso que os vidros decorativos se tornaram tendência no Brasil e no mundo. No segmento de arquitetura com vidros os serviços e modelos de decoração com vidros mais requisitados são:

– Mosaico de vidros

– Pastilhas de vidro

– Revestimento de parede com vidro

– Vidros coloridos para portas e janelas

– Espelho decorativo

– Divisórias de vidro

– Vidro fantasia (texturas)

– Quadrinhos de vidro decorativo

– Lousas de vidro

– Vasos decorativos

– Móveis de vidro

– Revestimento de móveis com vidro

Definir a melhor maneira de utilizar os vidros decorativos dependerá das características do ambiente e criatividade do decorador. O vidro decorativo pode ser utilizado de maneira solo ou sincronizar suas qualidades estéticas com elementos como o inox, alumínio, madeira, etc. A combinação das qualidades oferecem cenários distintos e podem combinar muito bem com móveis, tapetes e cortinas, etc.

Lembramos ainda que a decoração com vidros pode ir bem além do vaso ou dos pequenos detalhes, tendo em vista que algumas empresas oferecem serviços de personalização do vidro, ocasião em que o cliente pode promover texturas, cores, grau de transparência e até mesmo realizar impressão em alta definição no vidro. É possível, por exemplo, criar uma parede com pele de vidro magnético, o que amplifica as possibilidades decorativas do local.

O interessante é que, apesar de a decoração com vidros estar presente principalmente nos lares, o estilo é facilmente transportado para os ambientes corporativos e empresariais. Nesse universo, utilizar vidros decorativos pode resultar em cenários que amplificam o conforto dos usuários, no poder de concentração dos colaboradores e até mesmo o reforço a identidade visual da empresa.

Decoração com vidros

Quando utilizado com sabedoria, os vidros decorativos permitem a criação de projetos personalizados para cada usuário. Entretanto, é de suma importância se atentar a algumas observações a fim de cenários indesejáveis.

– Sempre que possível, utilize peças fabricadas com vidro de segurança (laminado, temperado). Importante lembrar que alguns projetos de decoração com vidros devem se alinhar as normas da ABNT.

– Deixe as peças pequenas de vidro decorativo fora do alcance das crianças. Esses modelos geralmente são fabricados com vidro comum que, quando quebrados, podem ferir gravemente o usuário.

– Uma dica que todos deviam saber: Sempre se atente à espessura do vidro decorativo. Considere que, quanto menor a espessura, mais delicado será o produto. Por outro lado, vidros decorativos grandes e mais espessos podem comprometer a estrutura em que estiver acomodado.

– Preste atenção no acabamento da peça de vidro decorativo. Evite modelos sem lapidação nas quinas (cantos arredondados) ou equipe as peças de vidro com molduras, quando possível.

– Dê preferência por peças de vidros decorativos fabricados por empresas líder no segmento. Modelos com garantias mais longas tendem a ser de melhor qualidade.

Porque utilizar vidros na decoração?

Além de estética inigualável, os vidros decorativos podem contribuir de outras formas no ambiente. Veja abaixo alguns exemplos de como a decoração com vidro pode ser funcional:

– O vidro, naturalmente, absorve menor quantidade de material orgânico (poeira) que os outros materiais. Essa qualidade pode ser bem vinda em cozinhas e ambientes que necessitam de assepsia constante.

– É possível alcançar formas exclusivas com o uso do vidro na decoração.

– Além de sujar menos, o material facilita a limpeza e manutenção. Basta um pano umedecido com álcool para evitar acúmulo de sujeira; inclusive de gordura.

– O vidro é o único material transparente com alta resistência comprovada;

– Além de resistente, o vidro decorativo apresenta baixa deterioração e é um material amigo da natureza;

– O vidro tem a capacidade de integrar os ambientes e provocar sensações de amplitude;

– A escolha do modelo correto de vidro para decoração pode proporcionar privacidade visual e acústica (ver vidros acústicos, vidros translúcidos, vidro fantasia, vidros coloridos, etc)

– Vidros decorativos são capazes de alavancar o preço final de um imóvel;

Além do mais, experimente combinar vidros com espelhos na decoração e obtenha resultados imprevisíveis. Definitivamente o vidro decorativo pode aflorar sua criatividade e proporcionar conforto, inovação e autenticidade a qualquer projeto decorativo. Experimente!