Home > Notícias > Cobertura Expo Revestir – O poder acústico do vidro – Atenuasom

20.10.0003

Cobertura Expo Revestir – O poder acústico do vidro – Atenuasom

Em cobertura ao evento da Expo Revestir 2019, a ArchGlass entrevistou algumas das empresas que contribuem para a disseminação do vidro na arquitetura. Entre elas a Atenuasom, empresa especializada em soluções acústicas de alta qualidade.

Em conversa com Edison Claro de Moraes (fundador da Atenuasom), foi possível esclarecer alguns tabus referentes ao vidro e todo o seu poder acústico.

Ao ser questionado sobre o preconceito do mercado referente a garantia da acústica do vidro, Edison afirmou:

“Sim, existe muita confusão entre o vidro laminado, temperado, laminado acústico e insulado. E por alguns desses vidros não terem uma boa performance acústica, se acaba criando essa ideia de que o vidro não é acústico. Principalmente quando se usam dois vidros iguais, eles entram em ressonância e perdem a propriedade acústica. É mais o desconhecimento do que a não acústica.”

A qualidade acústica do vidro foi demonstrada de forma criativa pela empresa, que montou uma cabine de vidro que as pessoas poderiam entrar. Ao se encontrarem na parte de dentro da cabine, todo o barulho externo era isolado, sendo possível escutar apenas o som de uma música que estava sendo reproduzida dentro da mesma.

A cabine que a Atenuasom montou na feira, é a prova cabal de que o vidro pode ter uma ótima eficiência acústica. Quais vidros foram utilizados nela?

Resposta do Edison: “A ideia de fazer a cabine é mais devido ao preconceito. Ali foram utilizados vidros insulados (duplos), um bem grosso e outro mais fino. Esse é o princípio físico mais comum, tendo bastante distância entre eles.

Nós usamos um laminado especial acústico e um vidro comum. E quanto mais fino, melhor para a acústica.”

Edison comentou um pouco mais sobre os desafios da criação da Atenuasom e suas referências internacionais.

“Estamos há 32 anos no mercado. Iniciei a empresa quando morava nos EUA, onde trabalhei na entrega de janelas acústicas. Resolvi fazer isso no Brasil, mas ainda não tinha o conhecimento da coisa. Em 1990 acabei indo para a França, onde trabalhei na Saint Gobain por 6 meses. Mas o Brasil possui características próprias que eu tive que desenvolver. Nossas janelas são de correr, diferente da Europa e Estados Unidos.”

Edison ainda foi incisivo ao afirmar que o Brasil está bem atendido com a tecnologia. “…temos toda a nossa tecnologia Nacional, que me dá muito orgulho. O Brasil não perde em nada”.

Com esse desafio em mãos, a Atenuasom possui laboratórios e centro de pesquisa que trabalham no desenvolvimento de produtos exclusivos e patenteados.

“Temos laboratório e centro de pesquisa, é uma paixão” afirmou Edison.

Edison ainda afirmou todo o apoio da Atenuasom com os arquitetos.

Ao ser questionado se a Atenuasom presta consultoria ao arquiteto, quando ele busca por soluções acústicas, Edison disse:

“Sim, como o arquiteto sempre está muito focado em todo o processo, ele acaba precisando dessa ajuda. O Vidro faz parte do sistema, não resolvemos problemas de uma casa, escritório ou fábrica simplesmente com vidro e janela. O vidro faz parte de um contexto. Ele tem características diferentes. Onde entra o diferencial que torna a obra muito mais barata do que ter que fazer uma coisa para tudo. E torna muito mais usável do ponto de vista de conforto“.

A Atenuasom presta consultoria gratuita ao arquiteto, mostrando qual o melhor vidro a ser utilizado em cada ambiente.

A empresa apresentou no evento uma novidade como solução de janela acústica.


A inovação se trata de uma janela que não utiliza roldana, ela usa todo o potencial do vidro. Foi desenvolvido um sistema automotivo, para que a janela funcione como as de carro. Para isso é utilizado também um produto que é o menor coeficiente de atrito, permitindo que a janela deslize de forma eficaz.

“Tudo isso acompanhando um ótimo desempenho acústico, além de ser leve e minimalista”, comentou Edison.  

Segundo Edison, essa janela é “a cara do arquiteto”!

Veja + Notícias

18.09.2020

Tijolos de vidro, uma moda que não acabou

11.09.2020

Vidro é destaque em casa litorânea

21.08.2020

Guarujá ganha mirante com piso de vidro