Home > Notícias > Cúpula de vidro compõe museu dedicado ao cinema

02.10.2020

Cúpula de vidro compõe museu dedicado ao cinema

Com o novo museu do cinema os visitantes terão a sensação de estarem dentro de um filme. O vidro ficou responsável por garantir visão privilegiada da cidade de Los Angeles.

Na construção do novo museu do cinema, o vidro ganhou um papel de destaque. Segundo os responsáveis, foram utilizadas mais de 1.500 placas de vidro laminado de alta resistência na criação da cúpula da estrutura circular projetada para cobrir uma área de mais de 2.700 m² do museu da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, na cidade de Los Angeles. O local foi batizado de David Geffen Theater.

Além da cúpula de vidro, a estrutura circular conta também com uma base de concreto e aço. A cobertura de vidro é sustentada por quatro colunas de concreto (suspensas quase 4 metros do chão) através de orifícios pré-moldados. Entre as colunas e a esfera existem isoladores sísmicos para permitir que a estrutura se mova livremente em casos de terremoto.

A arquitetura da esfera relembra filmes futuristas e promete imergir o visitante em um cenário singular ao causar a sensação de flutuar do chão. O vidro ficou responsável por oferecer a visão panorâmica de alguns pontos turístico da cidade de Los Angeles. Além disso, a estrutura toda foi pensada para proteger os visitantes do teatro tanto das mudanças climáticas quanto dos terremotos frequentes da região.

O vidro também é o destaque da passarela que liga o David Geffen Theater a outro edifício (May Company Building), já que o museu ainda conta com um prédio histórico que vai abrigar lojas, restaurantes, espaços para eventos, galerias de exposição e um auditório – ao todo são 3.600 m². O projeto foi idealizado pelo escritório do arquiteto italiano Renzo Piano juntamente com a empresa de engenharia Knippers Helbig Advanced Engineering.

Segundo os responsáveis pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, a joia arquitetônica característica do novo museu é justamente a estrutura esférica envolvida com vidro. A esfera que abriga o teatro é capaz de abrigar até mil pessoas e será palco de uma série de exibições, performances e eventos envolvendo as principais figuras do cinema mundial.

“O teatro de 1.000 lugares localizado no edifício esférico não será apenas uma parte inesquecível da experiência de cada visitante, mas também se tornará um centro para grandes eventos cinematográficos, incluindo estreias, inaugurações e apresentações especiais com os principais líderes mundiais cineastas” – registrou o site da Academia.

O museu está previsto para ser inaugurado no primeiro semestre de 2021 e almeja contar a história do cinema mundial mostrando um pouco dos bastidores e das técnicas utilizadas na elaboração de uma obra cinematográfica. Segundo os idealizadores, este será um dos poucos espaços totalmente dedicados à história do cinema americano, com reunião de objetos e imagens da sétima arte. Além disso, o local destacará o legado do Oscar e haverá homenagens às personalidades mais marcantes.

Os visitantes do museu experimentarão a magia do cinema e o processo criativo e colaborativo da produção cinematográfica. O Museu da Academia apresentará seis histórias de espaços dinâmicos, incluindo dezenas de galerias de exposição envolventes, um estúdio educacional de última geração, dois cinemas e cinemas de performance, um restaurante e um café e espaços dinâmicos para eventos públicos e especiais.” – finaliza a Academia.

Se você pretende visitar essa nova jóia da sétima arte, o local fica localizado na esquina de Wilshire com Fairfax, ao longo do Museum Mile, de Los Angeles.

Veja + Notícias

16.10.2020

A Importância do selo eureciclo

02.10.2020

Cúpula de vidro compõe museu dedicado ao cinema

18.09.2020

Tijolos de vidro, uma moda que não acabou