Home > Arquitetura do Vidro > Adegas de vidro são ideais para residências

17.09.2019

Adegas de vidro são ideais para residências

Para os amantes do vinho, possuir uma adega na residência é um sonho de consumo. Afinal de contas, qual amante do vinho não acha interessante reunir os amigos ou a família em um local aconchegante para desfrutar daquele vinho especial com muito bate papo e alto astral? Motivos para abrir uma garrafa de vinho é o que não falta!

A adega de vinho, no papel de elemento responsável por preservar o sabor do vinho, deve ser elaborada com materiais especiais. Não por acaso as adegas de vidro estão se popularizando nas residências dos amantes do vinho modernos, pois além de trazer inovação ao ambiente, alguns modelos acabam ficando mais baratos que adegas de madeira nobre, por exemplo.

E venhamos e convenhamos, adquirir modernidade e sofisticação com economia é um ótimo negócio, concordam? Mas justiça seja feita, uma adega de madeira com vidro fica espetacular!


Adega de vinho de vidro


O vidro consegue trazer destaque às garrafas de vinho, independente do tamanho ou forma da adega com vidro. Vale lembrar que o vidro é um ótimo material para compor o fechamento das adegas, porque, ao mesmo tempo em que expõe as garrafas de vinhos, consegue protegê-las da luz e variação da temperatura.

Os benefícios são ainda maiores quando a adega de vinho for climatizada, pois o vidro permite que escolher o vinho a ser degustado antes de abrir a porta, mantendo a temperatura interna da adega. Uma dica interessante para essa situação é utilizar os vidros insulados – uma estrutura com 02 placas de vidro separadas por um espaçador de ar. O vidro insulado, além de garantir a capacidade térmica da adega, não permitirá que o vidro embace.

Vale lembrar que o vidro pode ser cortado e personalizado para se encaixar onde quer que sua adega seja instalada, independente se for um espaço grande ou uma adega de vidro pequena. Isso quer dizer que é possível ter adegas de vidro na sala de jantar, cozinha, sala de estar, adega de vidro embaixo da escada ou até mesmo na parede do corredor (adega de vidro na parede), tudo dependerá da sua criatividade.

De qualquer forma, é importante se atentar à temperatura local e preferir paredes que não sofram com a luz solar (em ambientes sem climatização). Uma boa dica é utilizar placas de vidro como prateleiras, a fim de organizar as taças de vinho e outros utensílios. Se quiser inovar ainda mais, considere instalar espelhos no fundo.

Adega climatizada vidro


Para adegas climatizadas, é importante utilizar uma porta com sistema de vedação eficaz. As portas que melhor oferecem vedação são as que se utilizam de esquadrias (caixilhos), mas também é possível utilizar somente o vidro – como a porta pivotante, por exemplo. Além do mais, existem diversas formas de fixar o vidro da adega (perfil aparente ou perfil embutido).

Geralmente, a adega de vidro é fabricada com vidro incolor, justamente para aproveitar toda a transparência que o material oferece. Entretanto, sabemos que existe uma infinidade de tipos de vidros, com texturas ou vidros coloridos, que também ficariam ótimos em uma adega de vidro para vinhos.

Para espaços mais reduzidos – como em apartamentos ou corredores – a solução pode ser a construção de uma adega de vidro tipo vitrine, uma espécie de caixa de vidro que pode, inclusive, ser utilizada com divisórias de ambientes.

Uma dica experimental de adega de vidro é compor uma estrutura com uma folha de vidro furada. Nos furos – um pouco maior que o diâmetro da boca da garrafa – são encaixadas as garrafas de vinho, pela boca.

Para esse modelo o tipo de vidro a ser utilizado deve ser o vidro temperado, pois além de mais resistente, também pode ser perfurado. Nesse caso é preciso escolher uma placa de vidro com espessura capaz de aguentar toda a carga das garrafas de vinho que ficarão ali.

Adega com vidro – iluminação


Outro fator que merece atenção especial está no quesito iluminação. Além de promover destaque à adega de vidro, a iluminação permite observar as marcas e a leitura dos rótulos, tudo sem precisar abrir a adega e correr o risco de alterar a qualidade do vinho. Vale lembrar que, para iluminação da adega é preciso utilizar lâmpadas LED, pois não esquentam.

Importante ressaltar que a luz em excesso é uma grande vilã para os vinhos, pois podem alterar o sabor e aroma do vinho. Não por acaso as garrafas de vinho, em sua imensa maioria, são de vidros escuros, para dificultar a entrada de luz.

As variações de temperatura também interagem negativamente com o vinho. Temperaturas instáveis ou calor excessivo podem ser responsáveis pelo envelhecimento prematuro do vinho, afetando suas propriedades.

Para esses casos existe a opção dos vidros de baixa emissividade (vidro low e). A camada especial desse modelo traz benefícios para a adega de vidro, pois reflete os raios ultravioletas, isolando o interior da adega de vinho. Vidros de baixa emissividade refletem os raios UV em até 05 vezes mais quando comparados com os vidros comuns.

Veja + Arquitetura do Vidro

19.03.2020

Vantagens fachada spider glass

20.02.2020

Móveis de vidro estão em toda a parte

12.12.2019

As vantagens da piscina de vidro