Home > Artigos > Quais os tipos de vidros para utilizar em Janelas?

10.09.2020

Quais os tipos de vidros para utilizar em Janelas?

A escolha correta do vidro para janela traz inúmeros benefícios ao ambiente e ao usuário. Metas como privacidade, iluminação, desempenho térmico, conforto acústico, alívio visual, segurança e estética são facilmente alcançadas quando o profissional sabe quais os tipos de vidro para utilizar em janelas. A indústria do vidro disponibiliza diversos modelos de vidro para janela e a regulamentação de uso é definida pela ABNT NBR 7199.

As janelas – juntamente com as portas – são as estruturas envidraçadas mais tradicionais. Isso se deve ao fato de toda edificação ter portas e janelas e do vidro ser o único material transparente resistente o suficiente para compor essas estruturas com desempenho eficaz. Além disso, os tipos de vidros para utilizar em janelas indicados pela NBR 7199 podem receber uma série de beneficiamentos e tratamentos específicos para gerar peças com predicados únicos.

Veja abaixo alguns dos principais tipos de vidros para janelas e como eles podem interagir com o ambiente e segurança do usuário:

Vidros de segurança

Os vidros de segurança (laminado, temperado e aramado) são os primeiros citados na lista sobre quais os tipos de vidros para utilizar em janelas. Esses modelos garantem a integridade física dos usuários em casos de quebra, pois se estilhaçam de maneira segura. Vale lembrar que os vidros de segurança podem receber beneficiamentos que não anulam suas qualidades de proteção.

Vidro transparente

Modelo mais comum dentre os tipos de vidro para janela, o vidro transparente permite entrada de luz natural aos ambientes em abundância, contribuindo para o conforto e bem estar dos usuários – além de diminuir o uso de iluminação artificial. Lembramos que o vidro transparente pode ser comum, extra clear, laminado, temperado, aramado, vidro acústico, vidro de controle solar, etc.

Vidro colorido

O vidro colorido para janela consegue imprimir uma atmosfera diferente aos locais. Eles podem ser translúcidos ou não, se apresentar em diversas cores, efeitos, níveis de transparências e tonalidades distintas. O vidro serigrafado, vidro fumê e vidro bronze são os mais populares desta categoria.

Vidro fantasia

Também reconhecido como vidro impresso. Como o próprio nome indica, esse modelo de vidro para janela recebe impressões que são realizadas ainda durante o processo de fabricação. Esse é um dos tipos de vidros para janelas mais populares, pois garante entrada de luz e a privacidade dos usuários. Os modelos mais comuns são os vidros canelados, pontilhado, mini boreal e vidro silesia.

Vidro translúcido

Recebe o nome de vidros translúcidos todos aqueles modelos que permitem a passagem de luz sem, no entanto, permitir a visualização através de si, característica que é bem vinda para um modelo de vidro para janela. O vidro fantasia, comentado acima, é um modelo de vidro translúcido. Outros tipos de vidros translúcidos famosos são o vidro jateado e o vidro acidato.

Vidro inteligente

O vidro inteligente é indicado para compor janelas, portas e divisórias de ambientes inovadores. Esse é um tipo de vidro para janela capaz de se alternar entre opaco e transparente em um segundo graças a uma tela de LCD acomodada no interior da placa de vidro.

Esse cenário permite a criação de janelas inteligentes capazes de garantir a privacidade e permitir entrada de luz apenas com um comando (interruptor, celular), além de anular a necessidade de cortinas ou persianas.

Vidro de controle solar

As janelas com vidro de controle solar são indicadas para regiões que sofrem com temperaturas altas durante boa parte do ano. O vidro com controle solar é equipado com tecnologia capaz de barrar a maior parte do calor dos raios solares, garantindo temperaturas amenas no interior das edificações.

Esse cenário contribui para o conforto dos usuários, redução do consumo elétrico e até mesmo para ampliar o tempo de vida útil dos móveis, tapetes e cortinas, tendo em vista que o raio UV interage negativamente com esses elementos.

Vidro de conforto acústico

O vidro de conforto acústico é fabricado com uma película especial capaz de barrar a maior parte das ondas sonoras. Lembramos que o vidro laminado, naturalmente, já oferece proteção elevada contra ruídos, entretanto, o vidro para janela com conforto acústico amplifica essa qualidade, sendo indicado para locais que sofrem com barulhos intensos – como regiões de indústrias, aeroportos, etc.

Vidro autolimpante

Como o próprio nome diz, o vidro autolimpante é dotado da capacidade de se limpar sozinho. Esse modelo conta com um revestimento com partículas de dióxido de titânio (TiO2) que interage com a luz do sol (raios UV) para desintegrar as moléculas a base de carbono, como a poeira. Depois, basta um jato de água ou uma pancada de chuva para completar a limpeza da janela. Esse vidro é indicado para locais onde o acesso para manutenção seja complexo, como janelas de grandes edifícios.

Vidro insulado

O vidro insulado consiste em uma estrutura que acomoda duas ou mais placas de vidro. Este modelo de vidro para janela, além de aperfeiçoar qualidades acústicas e térmicas do ambiente, ainda pode ser composto por qualquer um dos modelos de vidro para janelas citados na lista acima. É possível, inclusive, combinar placas de vidro com qualidades diferentes para alcançar janelas com características singulares.

É importante lembrar que, independente do beneficiamento ou customização do vidro, a janela de vidro deve atender, antes de tudo, as diretrizes e recomendações da ABNT em sua norma 7199. Em qualquer projeto com vidro a segurança deve vir em primeiro lugar, portanto, fique atento.