Home > Artigos > Qual a espessura ideal para vidro de sacada?

03.05.2022

Qual a espessura ideal para vidro de sacada?

A determinação da espessura ideal para vidro de sacada deve considerar fatores como tipo de vidro utilizado, tamanho do vão a ser preenchido, modelo da estrutura, pressão do vento, além de outras necessidades do usuário ou exigências do ambiente. Geralmente, a espessura indicada para vidros de sacadas varia de 08mm a 10mm, pois essa medida garante resistência adequada ao mesmo tempo em que não oferece grande peso adicional, porém, isso não pode ser considerado como uma regra.

 

Para enriquecer o entendimento sobre qual a espessura ideal para vidro de sacada, a grossura do vidro deve ser definida cirurgicamente, além de que as estruturas precisam estar aptas a suportar todo o peso adicional que a sacada com vidros trará, pois caso contrário poderá existir ruptura da estrutura e comprometimento da edificação. Destacamos, por exemplo, que uma placa de vidro de 10 mm de espessura (muito utilizado em envidraçamento de sacadas) pesa em média 25kg/m².

 

A melhor alternativa para definir qual a espessura ideal para vidro de sacada consiste em procurar empresas especialistas no assunto. Arquitetura com vidros é coisa séria e deve ser exercida com muita sensatez. Isso acontece porque é necessário a realização de um estudo direcionado, realizado por profissionais experientes, que será capaz de demonstrar qual a espessura ideal – e o tipo de vidro – a ser utilizado na sacada.

 

Lembramos ainda que o envidraçamento de sacadas é definido pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, principalmente nas normas NBR 16259, NBR 14718 e NBR 7199, que contém diretrizes relacionadas aos sistemas de envidraçamento de sacadas, requisitos para guarda-corpos em edificações; e regras sobre qual tipo de vidro usar em cada aplicação, respectivamente.

 

De maneira resumida, as normas regulamentadoras exigem que os vidros aplicados nesse tipo de estrutura sejam laminados ou temperados. Ainda comentando sobre qual a espessura ideal para vidro de sacada, o vidro laminado é muito utilizado em sacadas, porém, haverá situações onde o vidro temperado oferece melhor custoxbenefício, como acontece em algumas regiões do país – ou dependendo da altura do edifício – onde ponde existir pressões de ventos maiores.

nutenção de envidraçamento de sacadas

Considerando esses fatores, é possível afirmar que a espessura ideal do vidro para fechamento de sacadas depende muito do tipo de vidro indicado; tipologia e dimensionamento, tipo de fixação, possíveis esforços solicitantes, etc. Saiba um pouco mais abaixo:

 

– Modelo de vidro: Como já comentado, é um dos principais fatores a considerar no momento de definir qual a espessura ideal para vidro de sacada. Essa escolha precisa considerar as normas da ABNT, altura de instalação do vidro, etc.

 

– Tipologia e dimensionamento: garante uma visão panorâmica (vista e corte) de todo o cenário da instalação da sacada envidraçada.

 

– Tipo de fixação: Para determinar a espessura ideal do vidro para fachada o profissional precisa considerar o modelo de fixação do vidro, necessidade de aparafusamento, etc.

 

– Esforços solicitantes: Os esforços solicitantes engloba a estrutura da edificação, altura de instalação do vidro, força que o vento exercerá na sacada envidraçada, etc.

 

Um profissional habilitado é capaz de estudar todos esses fatores – além dos desejos dos usuários – para indicar o melhor tipo de vidro e, a partir de então, definir qual a espessura ideal para vidro de sacada. Além disso, lembramos que podemos atribuir diversos benefícios aos vidros para envidraçamento de sacadas, como por exemplo, conforto térmico, alívio acústico, laminação de vidros temperados, além de personalização com cores, espelhamento, etc.

Vidro laminado ou vidro temperado, qual usar em fachadas?

Como já comentamos nesse nosso artigo sobre qual a espessura ideal para vidro de sacada, os vidros indicados para sacada são os laminados ou temperados. Mas, qual deles utilizar na sacada? Quais as diferenças entre os dois modelos? Apesar de ambos serem considerados vidro de segurança, os vidros laminados e temperados possuem características distintas que podem oferecer benefícios diferentes para as sacadas.

 

O vidro laminado é muito popular em diversas aplicações, mas no caso de envidraçamento de sacadas o vidro temperado tem a preferência dos profissionais. Isso acontece porque as placas de vidro temperado são mais resistente à pressão do vento, não por acaso é o único tipo de vidro indicado para envidraçamento de sacadas na Europa. A recomendação é que seja aplicada uma película de segurança nos vidros, a fim de evitar o espalhamento de fragmentos de vidros nos raros casos de ruptura.

 

Para ilustrar, destacamos que o vidro temperado possui resistência para suportar com segurança as pressões de vento presentes em todas as regiões do país, inclusive nos locais com maior incidência, como é o caso do estado de São Paulo, da região Sul do Brasil e no estado do Mato Grosso do Sul. Para enriquecer nosso texto sobre qual a espessura ideal para vidro de sacada, veja a seguinte comparação:

 

– Uma placa de vidro temperado com 10 mm de espessura é capaz de suportar 3.000 Pascais.

 

– Uma chapa de vidro laminado de 10 mm suporta 1.100 Pascais no máximo.

 

Em algumas cidades de São Paulo, por exemplo, a pressão do vento exige que o envidraçamento de sacadas de um prédio (com 20 a 30 andares) absorva, pelo menos, 2.210 Pascais. Dessa forma, um vidro de 10 mm de vidro temperado suportaria toda a pressão do vento, enquanto que um vidro laminado (com as mesmas dimensões) não seria suficiente, pois teria que ter o dobro da espessura. Interessante, não? Esperamos que tenha entendido qual a espessura ideal para vidro de sacada!