Home > Artigos > Tipos de vidro para guarda corpo

27.08.2020

Tipos de vidro para guarda corpo

Item essencial para garantir a segurança em diversos espaços, o guarda corpo também pode ser fabricado com vidro. O mercado vidreiro disponibiliza aos profissionais do ramo todos os tipos de vidro para guarda corpo indicados pela ABNT para garantir a segurança de todos. Vale lembrar que, devido à finalidade da estrutura, é de suma importância que o guarda corpo de vidro seja fabricado por equipes especializadas e capazes de adequar toda a obra – tipos de vidros, ferragens e instalação – às normas da ABNT.

Qual vidro usar em guarda corpo?

Tecnicamente, o guarda corpo é uma estrutura idealizada para proteção coletiva dos usuários. O elemento deve possuir dimensões para proteger animais, crianças, adultos e idosos de possíveis quedas ocasionadas por desníveis entre os pisos ou até mesmo entre os ambientes. Resumidamente, o guarda corpo objetiva assegurar a integridade física de todos os usuários de determinado ambiente, evitando acidentes.

Analisando esse cenário é comum que o elemento seja fabricado a partir de materiais rígidos, como é o caso do metal, concreto e claro, do vidro, afinal de contas, a tecnologia do vidro habilita o material a participar de elementos estruturais. O guarda corpo de vidro é capaz de proporcionar charme e beleza ao ambiente ao mesmo tempo em que assegura a integridade física de todos os usuários.

Mas para que isso seja um fato o guarda-corpo de vidro precisa ser fabricado seguindo todas as diretrizes da ABNT. A NBR 14718 é a literatura indicada para garantir as condições mínimas de funcionamento, resistência e segurança de um guarda corpo, independente do material utilizado em sua composição. Entretanto, para os casos de guarda corpo de vidro, é preciso também se adequar a NBR 7199, como é possível perceber em um trecho da NBR 14718, transcrito abaixo:

– No caso de guarda-corpos com vidro, somente podem ser utilizados vidros em conformidade com a NBR 7199;

– A espessura das chapas de vidro deve ser dimensionada conforme a NBR 7199;

E o que diz a NBR 7199 sobre os tipos de vidro para guarda corpo?

A Norma ABNT 7199 elenca qual vidro usar em guarda corpo. Veja abaixo:

– Vidro laminado

– Vidro aramado

– Vidro insulado (composto com placas laminadas ou aramadas)

É importante frisar que o vidro laminado pode ser composto com folhas de vidro com tecnologias diferentes em sua composição. Isso significa que é possível adquirir tipos de vidro para guarda corpo de tonalidades diferentes, por exemplo, ou até mesmo apostar no vidro laminado de temperado – resultado a junção de duas chapas de vidro temperado unidas através de uma película especial.

Aqui convém lembrar que o vidro temperado (sem laminação), mesmo sendo classificado como vidro de segurança, não é um dos tipos de vidro para guarda corpo porque, apesar de muito resistente, o modelo se estilhaça por completo quando quebrado, o que deixaria o vão do guarda-corpo livre e colocaria em risco a integridade dos presentes. Vidro temperado para guarda corpo só pode ser utilizado com laminação (laminado de temperado).

NBR ABNT 14718

A NBR 14718 foi revisada recentemente (agosto/19) e determina os requisitos mínimos para os ensaios realizados em guarda-corpos externos e internos, de uso privativo ou coletivo instalados em diversos tipos de ambientes. Desse universo extraímos algumas considerações relacionadas à instalação e sobre qual vidro usar em guarda corpo.

– A norma veda a utilização de massas à base de gesso e óleo (massa de vidraceiro) para acomodação do vidro;

– Para facilitar a manutenção e amplificar a segurança da estrutura, recomenda-se a utilização de baguetes na face de dentro do guarda corpo de vidro;

– Quando utilizado vidros no guarda corpo, os rebaixos precisam estar livres de impurezas como gordura, umidade, oxidação, poeira, dentre outros.

– Não pode haver contato das bordas das placas de vidro entre si, com as peças metálicas ou com a alvenaria.

– Quando o guarda corpo for de laminado, todos os componentes – calços, guarnições – precisam ser neutros em relação aos materiais do vidro laminado.

Quando fabricado por equipes responsáveis e fiéis às normas da ABNT, o guarda corpo de vidro pode participar com maestria de instalações como:

– Varandas;

– Sacadas;

– Terraços;

– Rampas;

– Corredores;

– Mezaninos;

– Passarelas;

– Escadas;

É importante lembrar que o guarda corpo de vidro precisa ser submetido a testes rigorosos de laboratório antes de ser comercializado. Os testes avaliam a capacidade de suportar impactos e os esforços estáticos (horizontal e vertical). Nas avaliações de impacto, por exemplo, submete-se a estrutura a uma carga específica (600 joules) até que a estruture se deforme, mas o vidro não deixe o vão livre.

O cenário ideal é que um prisma de 25cm x 11cm não seja capaz de transpor os espaços deformados. Isso quer dizer que, mesmo com a estrutura deformada e o vidro danificado, o guarda corpo deve manter a segurança do ambiente e oferecer proteção aos usuários.