Home > Artigos > Porque o vidro temperado é mais resistente?

13.01.2022

Porque o vidro temperado é mais resistente?

O vidro temperado é, em média, 05x mais resistente que um vidro comum com as mesmas dimensões. Isso acontece devido ao seu modo de fabricação, que através do calor expande as moléculas do vidro e, na sequência, submete o material a um resfriamento brusco. Essa técnica forma uma barreira superficial, porém, cria tensões elevadas na massa vítrea, cenário que resulta em um vidro mais resistente e seguro. Entenda o modo de fabricação e porque o vidro temperado é mais resistente nesse artigo.

Porque o vidro temperado é tão resistente?

Os vidros temperados passam por um processo de beneficiamento singular. Como o nome indica, o vidro é submetido à uma têmpera, ou seja, é aquecido gradativamente com o auxílio de fornos com temperaturas elevadas – porém, controladas – e submetidos à jatos de ar frio. Esse método cria tensões elevadas de compressão na superfície e tração no centro da massa do vidro.

Tentando resumir porque o vidro temperado é mais resistente que outros modelos, ao aquecer o vidro expandimos suas moléculas e, ao submetê-lo a um resfriamento brusco, criamos uma barreira superficial para a expansão molecular que ainda ocorre! No final, o vidro temperado se resfria totalmente com as moléculas expandidas e tensionadas, razão pela qual é tão resistente e não por acaso é classificado como vidro de segurança.

Vale destacar que essa tensão é responsável por outra característica bem vista nos vidros temperados, ou seja, o fato de se estilhaçar de maneira segura aos usuários nos raros casos de quebra. Conforme consta, o vidro temperado se fragmenta em pequenos pedaços de baixo poder de corte. Isso acontece quando um impacto é forte o suficiente para interagir com esses pontos de tensão; e quando ocorre, a placa de vidro se desintegra em pequenos fragmentos.

Para trazer maior entendimento ao nosso artigo sobre porque o vidro temperado é mais resistente, é importante lembrar que quando o vidro temperado se quebra deixa o vão que protegia totalmente livre. Além disso, o vidro temperado não pode ser furado ou cortado (pois isso estilhaçaria toda a placa), razão pela qual suas dimensões devem ser cirurgicamente definidas para evitar retrabalhos e desperdício de material e dinheiro.

Ainda comentando sobre porque o vidro temperado é mais resistente, além de oferecer rigidez contra impactos mecânicos frontais, os vidros temperados também são amplamente resistentes em quesitos como flexibilidade, torção e variação de temperatura. Não é por acaso, por exemplo, que esse modelo é frequentemente indicado para compor box de banheiro, pois oferece melhor desempenho para as alterações de temperatura constantes do ambiente.

O que é mais resistente, vidro temperado ou vidro laminado?

Os vidros laminados e temperados são figuras constantes em projetos arquitetônicos e outros segmentos, como indústria moveleira e automobilística. Ambos os modelos são classificados como vidro de segurança por oferecer resistência elevada e garantir a proteção dos usuários até mesmo em casos de fragmentação. Entretanto, para definir qual modelo é mais resistente é preciso analisar as características do projeto, pois como sabemos, para cada caso existe um tipo de vidro específico.

Isso quer dizer que não basta saber porque o vidro temperado é mais resistente que o vidro laminado ou vice versa, pois existem aplicações que aceitam os dois modelos de vidro, porém, as variantes do projeto pode indicar que um tipo de vidro oferecerá melhor desempenho do que o outro indicado. Vamos pegar o envidraçamento de sacadas como exemplo. Conforme consta, essa estrutura pode ser fabricada com vidros laminados ou temperados, pois ambos oferecem resistência adequada para tal. Porém, o profissional precisará observar outros fatores antes de definir o modelo ideal.

Nesse caso é preciso saber qual a pressão que o vento exercerá sobre a estrutura, pois em alguns locais os vidros laminados tradicionais não oferecerão resistência suficiente para suportar a pressão do vento. Por isso é importante considerar a opinião de especialistas que comprovadamente sabem porque o vidro temperado é mais resistente e quando é a melhor alternativa utilizá-lo.

Alguns locais do estado de São Paulo, por exemplo, uma edificação de 25 ou mais andares pode sofrer pressões de vento de até 2.210 Pascais. Para fins de comparação, um vidro laminado com 10mm é capaz de suportar 1100 Pascais, enquanto que um vidro temperado com as mesmas dimensões consegue suportar até 3.000 Pascais. Isso quer dizer que para suportar a pressão do vento nessa região um vidro temperado de 10mm seria suficiente; mas se a opção for pelo vidro laminado, seria necessário uma placa de 20mm a 22mm.

Para finalizar nosso texto sobre porque o vidro temperado é mais resistente, esse exemplo acima exposto não quer dizer que um modelo se sobressaia com relação ao outro no quesito resistência. Em coberturas e telhados, por exemplo, o vidro laminado é o mais seguro e indicado para tal. Como já foi dito, é preciso analisar o projeto, considerar as necessidades dos usuários, as diretrizes da ABNT e contar com a experiência do profissional para harmonizar todos esses fatores.

FAQ – Perguntas e Respostas

– O que é melhor vidro temperado ou laminado?

Tanto o vidro temperado quanto o laminado são classificados como vidro de segurança, porém, é preciso se atentar às particularidades do projeto e às normas da ABNT para saber qual o melhor tipo de vidro para aplicar no seu projeto. Considere que são modelos de vidros diferentes e que para cada aplicação existe um tipo de vidro indicado.

 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.