Home > Artigos > Qual vidro ideal para janelas?

11.01.2022

Qual vidro ideal para janelas?

Segundo a ABNT, o vidro ideal para janelas deve ser laminado, temperado, aramado ou vidro duplo (insulado). Vale lembrar que a NBR 7199 estabelece regras para o uso do vidro temperado e ainda cita que os vidros insulados devem ser compostos por algum tipo de vidro habilitado para participar de portas e janelas. Já o vidro comum só pode ser aplicado em um caso específico. Acompanhe esse artigo e saiba qual vidro ideal para janelas, regras de aplicação e possibilidades de beneficiamentos.

Tipos de vidros para janelas

É muito importante saber qual vidro ideal para janelas, pois dessa forma podemos projetar estruturas confiáveis, seguras e altamente eficientes. Isso acontece porque é possível compor portas e janelas com vidros de diferentes tipos, como vidros coloridos, vidro antirreflexo ou modelos que ofereçam atenuação acústica. Mas antes de qualquer coisa, é de suma importância que o vidro escolhido para a janela esteja em conformidade com as normas da ABNT.

Falando de maneira ampla, os vidros indicados para janelas são ordenados conforme suas características, localização (pavimento) da janela e altura de em relação ao piso. Nesse contexto, os vidros laminados e aramados podem participar de qualquer tipo de janela (independente do pavimento ou altura em relação ao piso), da mesma forma que os vidros insulados – desde que sejam compostos por algum tipo de vidro descrito na norma. Cada tipo de vidro oferece características distintas que interagem tanto com a funcionalidade quanto com a segurança dos usuários.

Ainda falando sobre qual vidro ideal para janelas, o vidro temperado só não é indicado janelas voltadas para o exterior (em fachadas) acima do pavimento térreo, com vidros abaixo de 1,10m em relação ao piso. O vidro comum também pode ser utilizado em janelas, desde que esteja presente em aplicações com vidros instalados acima de 1,10 m em relação ao piso. É importante que essas diretrizes sejam observadas para que os usuários aproveitem o máximo de benefícios e segurança que as janelas podem oferecer. Abaixo conheça mais sobre os tipos de vidro para janelas.

Vidro laminado

Um dos vidros mais populares do mercado, o vidro laminado é uma das principais alternativas de vidro para janela. Isso acontece porque, devido ao seu modo de fabricação, o modelo é altamente resistente e garante proteção elevada aos usuários até mesmo nos raros casos de quebra. Quando quebrados, os vidros laminados mantém seus fragmentos presos à janela e, consequentemente, conserva o vão intransponível até a manutenção. Por esse motivo pode ser aplicado em qualquer circunstância e inicia nossa lista sobre qual vidro ideal para janelas.

Vidro temperado

O vidro temperado é o muito utilizado na construção civil, sendo que uma fatia considerável de sua aplicação se destina a janelas e portas. O vidro temperado é altamente resistente a choque mecânicos – em média, 05x mais resistente que um vidro comum com as mesmas dimensões – e suporta altas variações de temperaturas. Em regiões com pressão elevada de vento, por exemplo, o vidro temperado é o mais indicado por apresentar melhores índices de resistência quando comparado com o vidro laminado.

Vidro aramado

Complementando nosso texto sobre qual vidro ideal para janelas, o vidro aramado é outra categoria capaz de ser aplicada na estrutura, independente das circunstâncias. Vale lembrar que esse modelo de vidro conta com uma malha metálica incorporada à massa vítrea que garante resistência elevada a choques mecânicos e impede que os vidros se espalhem pelo ambiente em casos de acidente seguido de quebra (assim como acontece com o vidro laminado). Não por acaso o vidro aramado também é classificado como vidro de segurança.

Vidro insulado

O vidro insulado – ou vidro duplo – também participa de nossa lista sobre qual vidro ideal para janelas. Esse modelo conta com uma estrutura singular, onde duas ou mais placas de vidro ficam acomodadas paralelamente, separadas por uma câmara de ar desidratado. Essa configuração pode amplificar fatores como conforto térmico, alívio acústico, etc. Caso essa seja a opção escolhida para sua janela, é imprescindível que os modelos utilizados em sua composição sejam os indicados nas normas, observando ainda as condições de aplicação.

Vidro comum

Segundo consta na ABNT NBR 7199, os vidros comuns, apesar de não figuram dentre os vidros de segurança, também podem compor janelas. Esse modelo pode ser aplicado em janelas de qualquer pavimento, desde que os vidros instalados estejam acima de 1,10 em relação ao piso. Além disso, o vidro comum deve ser encaixilhado ou colado por todo o seu perímetro, pois somente dessa forma pode oferecer a segurança exigida pela aplicação.

Para finalizar nosso artigo sobre qual vidro ideal para janelas, a NBR 7199 ainda cita regulamentação para janelas projetantes móveis, onde além dos tipos de vidros indicados e das regras acima descritas, destaca regras complementares que variam de acordo com o tipo de vidro. Caso este seja seu caso, é imprescindível estudar a referida norma ou procurar consultoria especializada no assunto!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.